Espumantes: a diferença entre Champagne, Prosecco e Cava

É muito comum nomearmos qualquer espumante de Champagne. O que acontece é que além de possuir exclusividade no método de produção e região, a Champagne não é a única na categoria dos espumantes. Os espumantes diferem entre si no sabor, processo de fermentação e uvas usadas. Por isto, hoje vamos diferenciar os três espumantes mais conhecidos no mundo: a champagne, o prosecco e a cava.

Champagne

O Champagne é o espumante mais conhecido quando falamos no assunto, e recorrentemente o mais citado como sinônimo de espumante.

Na realidade, apenas espumantes feitos na região de Champagne na França podem ser chamados de Champagne. Eles devem ser feitos a partir das uvas Pinot Noir, Pinot Meunier ou Chardonnay, ou frequentemente de uma combinação das três.

A champagne é produzida através do méthode champenoise, um método inventado por um monge chamado Dom Perignon (hoje uma das mais famosas casas de champagne) e refinado pela viúva (veuve) Clicquot (também uma das mais conhecidas casas de champagne).

O método champenoise envolve incluir mais fermento e açúcar à base do vinho, e então engarrafar o espumante para a segunda fermentação. Durante este processo de segunda fermentação, o vinho fica em uma mesa com furos (inventada pela Madame Clicquot) que permite a inclinação ideal da garrafa, assim acontece a purificação da bebida, que ao ser girada manualmente e mantida inclinada, elimina os restos de levedura e sedimentos. A partir daí, a garrafa é congelada e aberta (eliminando os resíduos através da expansão dos gases) e então lacrada com a rolha novamente.

Por possuir exclusividade determinada por lei nos métodos e região da colheita, a champagne possui um valor agregado maior do que o Prosecco e a Cava.

Prosecco

Prosecco é o espumante italiano mais conhecido, e compete diretamente com a Champagne em popularidade.

O prosecco é feito na região de Veneto na Itália e a produção se difere da champagne por ter sua segunda fermentação (que cria as bolhas) feita em tanques de aço ao invés de dentro das próprias garrafas. Isto faz com que o sabor do prosecco seja mais suave e menos fermentado.
Prosecco geralmente é mais doce que a Champagne ou Cava, com bolhas maiores e mais espalhadas, com notas de maça, pera, limão, florais e tropical.

Cava

A Cava é o espumante da Espanha, feito com variedades de uvas Macabeu, Parellada e Xarello, e em alguns casos com Chardonnay e Pinot.

Apesar das uvas serem diferentes, o método utilizado para a produção da Cava é bem parecido com o da Champagne. Assim como a champagne, a segunda fermentação da Cava é feita dentro da própria garrafa, entretanto por estar fora da região francesa, o método é conhecido como méthode traditionnelle. O que difere a Cava da Champagne além das uvas e região é a mecanização do processo da segunda fermentação. Enquanto para a Champagne a técnica de girar e inclinar as garrafas é feito manualmente, o da Cava é feito por máquinas.

Por ficar menos tempo na segunda fermentação, a Cava tem notas cítricas, de melão, pêra e uma agradável acidez.

Artigo retirado e traduzido do Food 52.

Agora que você já sabe a diferença entre entre os três principais espumantes do mundo:

cta-espumantes

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

AlphaOmega Captcha Classica  –  Enter Security Code