Chá das Cinco

É suposto que o chá desembarcou na Inglaterra no século 17,  junto com Catarina de Bragança, filha de D. João IV, que ao casar-se com o rei inglês Charles II, leva consigo o chá de Portugal para o Reino Unido.

Entretanto, a tradição reconhecidamente inglesa se popularizou somente com a Duquesa de Bedford, Ana Maria Russel, no século 19.  A história conta que o conhecido chá das cinco começa por volta de 1830, quando a Duquesa com fome entre o almoço e o jantar, começa a fazer um pequeno lanche toda tarde, com chás e pequenos pães e doces para saciar a fome. Aos poucos, o hábito tornou-se um evento social, quando Ana passa a convidar as amigas diariamente para acompanhá-la no chá da tarde.

O ritual se espalha pelos aristocratas e burgueses, que imitavam a Duquesa em suas casas, e utilizavam a situação para exibir suas mais caras e belas porcelanas e pratarias.

Hoje, o horário não é tão rígido e nem tampouco toda a formalidade exigida, mas o hábito de sentar e apreciar chá com pães e doces permanece intacto.

A Mesa

Para montar a tradicional mesa do chá das cinco, utilize um lindo jogo de xícaras de porcelana e um expositor de bolos de três andares.

O chá deve ser feito com a infusão das folhas, nunca de saquinho, e pode variar de acordo com sua preferência.

A tradição manda, em relação ao expositor de bolos, no andar mais baixo sanduíches leves e canapés. No mediano, os famosos scones (pães adocicados tipicamente ingleses, consumidos com geléia e creme). E no último, o andar mais alto, deve se servir os doces e bolos.

O formal chá da tarde  pode incluir também uma taça de champagne para acompanhar os canapés, e deve-se reservar uma ou duas horas para apreciar a ritualística refeição.

world-importados-mesa-de-cha

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=z1es4HWICyw

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

AlphaOmega Captcha Classica  –  Enter Security Code